Ecclestone não confiava nos novos motores

Em entrevista à revista Forbes, o chefão da F1, Bernie Ecclestone, afirmou que esperava um começo de temporada mais complicado. O mandatário já esperava a polêmica acerca do ronco dos […]

Em entrevista à revista Forbes, o chefão da F1, Bernie Ecclestone, afirmou que esperava um começo de temporada mais complicado. O mandatário já esperava a polêmica acerca do ronco dos novos motores V6 e também já estava preparado para um festival de quebras nas primeiras corridas com a adoção dos novos propulsores.

Ecclestone estava certo que as corridas terminariam com somente metade do grid inicial. “Pensava que as coisas seriam piores, que os carros não seriam tão confiáveis e que metade dos carros quebrariam nas primeiras etapas. Ao final, vimos que os engenheiros fizeram um trabalho incrível e que os carros podem suportar até o final da corrida”.